Tosse persistente, falta de ar e cansaço são sintomas iniciais de câncer de pulmão

Luiz Henrique Araújo, pesquisador Instituto Nacional do Câncer e do Centro de Oncologia Integrado, lembra que já existem programas de detecção precoce indicados para fumantes ou ex-fumantes

  • Por Conteúdo Patrocinado
  • 27/08/2021 12h00
8photo - br.freepik.comA tosse persistente deve acender o sinal de alerta para o câncer de pulmão

Os sintomas de câncer de pulmão podem não ser percebidos pela maioria dos pacientes. Nem sempre a tosse persistente, a falta de ar e o cansaço, indicativos da presença do tumor, chamam a atenção para a doença. Outros sintomas inespecíficos também podem surgir, como perda de peso e fraqueza. O médico oncologista Luiz Henrique Araújo, pesquisador do Inca (Instituto Nacional do Câncer) e do Instituto COI (Centro de Oncologia Integrado), lembra que já existem programas de detecção precoce, indicados para fumantes ou ex-fumantes.  “Esses programas são um caminho quando o assunto é câncer de pulmão. Eles podem ser solicitados por um clínico geral, pelo pneumologista ou até mesmo pelo médico que faz o acompanhamento do paciente”, explica. 

No Brasil, dados do Inca mostram que mais de 30 mil mortes são causadas pelo câncer de pulmão anualmente, além de 30.200 novos casos (17.760 em homens e 12.440 em mulheres). Para conscientizar a população sobre os riscos da doença e sua relação com o tabagismo, foi criado o Agosto Branco. Neste mês, são intensificadas as divulgações de informações voltadas para prevenção, diagnóstico e tratamento. A Amgen Brasil apoia ações que ampliam o conhecimento sobre o câncer de pulmão. Para saber mais sobre o tema, acompanhe os “Boletins Saúde Jovem Pan” no Spotify e Deezer. Quem tem a assistente virtual Alexa também pode acessar os conteúdos. Basta dar a voz de comando: “Alexa, toque Boletim Saúde Jovem Pan”

Ouça a quarta edição do Boletim de Saúde Jovem Pan