Tremores de terra assustam moradores do litoral do Rio Grande do Norte

Apesar do susto, evento não foi forte o suficiente para provocar desabamentos, rachaduras em paredes ou tsunamis

  • Por Jovem Pan
  • 25/07/2021 15h53 - Atualizado em 25/07/2021 16h02
Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo - 24/11/2016Moradores de Natal, capital do Rio Grande do Norte, sentiram tremores de terra

Moradores de cidades do litoral do Rio Grande Norte, incluindo a capital Natal, ficaram assustados com uma sucessão de tremores de terra que começou na madrugada deste domingo, 25, e continuaram até o começo da tarde. O último, de acordo com o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN), aconteceu às 12h45. Até o momento, já foram registrados oito eventos sismológicos. O maior, na madrugada (pouco depois da meia-noite), chegou à magnitude 3,5.

“Recebemos vários relatos de várias pessoas da região litorânea, até da capital”, informou o LabSis. Apesar do susto, o laboratório afirma que eventos dessa magnitude não são fortes o suficiente para provocar desabamentos ou tsunamis. Tremores a partir de 4,0 geram danos como quebra de vidros e rachaduras em paredes. Foi a quinta vez em julho que cidades potiguares registraram tremores.