Vai nevar no Brasil? Confira quando a frente fria volta ao país

Neve é esperada para os dias 28 e 29 de julho em alguns pontos da região Sul; alerta de geada é alto para a próxima semana

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2021 16h34 - Atualizado em 26/07/2021 19h24
Rio Grande do Sul é o primeiro Estado a receber a frente fria no país

A frente fria chegou ao Brasil nesta segunda-feira, 26, e promete trazer temperaturas negativas, geada e neve. Segundo o Climatempo, a frente fria vem associada a uma massa de ar frio de origem polar muito forte e a um ciclone extratropical, que vai permitir a formação das precipitações de inverno. A combinação de um ciclone extratropical próximo do litoral da Região Sul, ao mesmo tempo que ocorre a entrada de muito ar frio, é a situação ideal para a formação de nuvens que podem conter neve. A frente fria chegou já nesta segunda-feira ao Rio Grande do Sul, com chuva e queda da temperatura no Estado.

Na terça-feira, 27, as nuvens com chuva e o ar frio devem se espalhar sobre Santa Catarina, Paraná e pelo oeste e sul de Mato Grosso do Sul. Na quarta e na quinta-feira, 29, a frente fria avança sobre os estados do Sudeste e do Centro-Oeste. Precipitações acontecerão pontualmente em poucas áreas de alguns Estados. O ar frio de origem polar deve chegar a Rondônia, Acre e ao sul do Amazonas ao fim da semana. Ainda na quinta, a empresa de meteorologia prevê que esta frente fria já terá efeito sobre o sul do Pará, Tocantins e oeste/sul da Bahia, estimulando alguma nebulosidade, mas baixa chance de chuva. No fim de semana, a massa de ar continuará seu deslocamento sobre o Nordeste, estimulando a precipitação pelo leste da Bahia e Sergipe.

Haverá temperatura abaixo de zero no país?

O pico do frio deve acontecer entre os dias 29 e 30 de julho. De acordo com o Climatempo, esta onda de frio será tão intensa quanto a observada entre os dias 19 e 21 de julho de 2021, especialmente na região Sul do Brasil. A empresa ainda estima que um novo recorde de menor temperatura em 2021 possa ser estabelecido, provavelmente na serra catarinense ou gaúcha, com algum valor entre -8°C e -10°C. Atualmente, a menor temperatura do ano aconteceu no dia 20 de julho quando Urupema, em Santa Catarina, registrou -8,2°C. Além dos três Estados do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Sul de Minas Gerais e o Sul do Rio de Janeiro também poderão registrar temperaturas negativas.

Há chances de nevar?

A neve é esperada para os dias 28 e 29 de julho nas áreas de planalto e serra do Rio Grande do Sul, Planalto Sul, Serra, Planalto Norte e Meio-Oeste de Santa Catarina, e no Sul do Paraná. O Climatempo ainda não descarta completamente alguma precipitação de inverno no extremo sul gaúcho, região entre Pelotas, Bagé e o Chuí. Além de neve, deve gear na região Sul, assim como em São Paulo, em Mato Grosso do Sul, no Sul de Minas e também há condições para geada no Sul do Rio de Janeiro e na região serrana fluminense. “Numa escala de alerta de geada, o risco é altíssimo nos Estados do Sul, inclusive de geada forte; risco alto no Sul de Mato Grosso do Sul e no Oeste e Sul de São Paulo e na Mantiqueira; risco médio na região serrana do Rio de Janeiro e na Grande São Paulo”, acrescenta a empresa de meteorologia. O alerta de geada é importante para que os agricultores possam prever possíveis danos nas lavouras.

Mapa da previsão de neve para a região Sul do Brasil