Prata no skate, frustração no taekwondo e vitória épica no vôlei: veja o balanço do 5º dia das Olimpíadas

Rayssa Leal, de apenas 13 anos, conquistou a medalha de prata na categoria street do skate feminino; time masculino de vôlei virou sobre a Argentina em um duelo emocionante

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2021 16h09
Reprodução/Instagram/rayssalealsk8/26.07.2021Atleta mais jovem da delegação brasileira, a skatista Rayssa Leal conquistou a medalha de prata

Entre classificações, eliminações, vitórias sofridas e medalhas, o quinto dia de disputas dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 foi movimentado para a delegação do Brasil. A emoção começou no surfe, com Silvana Lima se classificando para as quartas de final. No mesmo esporte, Gabriel Medina e Ítalo Ferreira também conseguiram avançar de fase, mas Tatiana Weston-Webb acabou ficando de fora. O ponto alto da madrugada veio no skate street feminino. Rayssa Leal, de apenas 13 anos, conquistou a medalha de prata, a terceira do Brasil nos Jogos. No fim da manhã desta segunda-feira, 26, o jogo entre Brasil e Argentina no vôlei masculino parou o país, que viu a seleção reagir, virar uma partida praticamente perdida e vencer os hermanos por 3 sets a 2.

No entanto, nem só de alegrias viveram os torcedores brasileiros. No taekwondo, Milena Titoneli chegou à disputa pelo bronze na categoria até 57 kg, mas acabou derrotada. Na natação, Fernando Scheffer garantiu vaga na final dos 200 metros livres. Já a equipe feminina do revezamento 4×100 amargou a última colocação da final da prova, vencida pelos Estados Unidos. Jucielen Romeu perdeu em sua estreia no boxe, assim como Eduardo Barbosa, eliminado na primeira luta do judô, contra o francês Guillaume Chaine. Outra derrota para os franceses veio no handebol masculino, onde os brasileiros perderam por 34 a 29. Guilherme Toldo foi eliminado na esgrima e deu adeus aos Jogos. No ciclismo mountain bike, o brasileiro Henrique Avancini chegou a liderar a prova, mas acabou na 13ª colocação – o melhor resultado do país na história. Robert Scheidt conseguiu melhorar sua posição na vela e subiu para a oitava colocação.