Após calote de US$ 148 milhões, DMSA abre processo de falência contra a Evergrande

Credora de títulos não pagos, a empresa alemã afirmou que irá à Justiça contra a gigante chinesa e convocou outros em situação semelhante a se juntarem ao movimento

  • Por Jovem Pan
  • 10/11/2021 18h42 - Atualizado em 10/11/2021 19h12
Aly Song/Reuters - 24/09/2021Empresa deu calote em juros de títulos e sofrerão um processo de falência

A empresa Evergrande, considerada uma das gigantes do setor imobiliário da China, não realizou o pagamento de juros de títulos que têm um valor total de US$ 148,13 milhões. Os juros venceriam nesta quarta-feira, 10. Segundo um comunicado à imprensa feito pela companhia alemã Deustche Marktscreening Agentur (DMSA), credora destes títulos, a empresa “não recebeu nenhum pagamento até o fim do período de graça”, que se encerrou hoje. Com isso, a DMSA informou que está se organizando para abrir um processo de falência contra a Evergrande. Além disso, a alemã convidou os demais credores que não receberam os pagamentos da gigante chinesa a se juntarem à causa e ir contra a Evergrande nas vias judiciais.