INSS atualiza calendário para prova de vida; veja as novas datas

Governo federal também permite que beneficiados com problemas de locomoção ou acima de 80 anos façam a comprovação em casa

  • Por Jovem Pan
  • 05/07/2021 13h52 - Atualizado em 05/07/2021 18h04
Agência Brasil/Marcello CasalMudanças nos pagamentos foram divulgadas no Diário Oficial da União

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou nesta segunda-feira, 5, o novo calendário para a realização da prova de vida por aposentados e pensionistas. Segundo o governo federal, 36 milhões de pessoas devem comprovar que estão vivas todos anos. Quem não prestar o atendimento terá o beneficio bloqueado. O serviço estava suspenso desde março de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. O novo cronograma prevê a comprovação até julho de 2022. Os beneficiados que deveriam ter provado estarem vivos em maio e abril do ano passado devem fazer a comprovação neste mês. A prova de vida pode ser feita no banco que o beneficiado possui conta com a apresentação de um documento com foto. Também é necessário levar o cartão da conta corrente ou do INSS. O atendimento ainda pode ser feito por biometria facial através dos aplicativos Meu Gov.br ou Meu INSS. A comprovação por celular só vale para os usuários que já estão com os dados cadastrados. Quem teve o benefício bloqueado deve ir ao banco que possui a conta para regularizar a situação.

A portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) também determina mudanças na comprovação para quem possui dificuldades de locomoção ou tem mais de 80 anos. Aposentados ou pensionistas que se enquadram nestes grupos podem requerer o atendimento em casa, por meio da visita de um servidor do INSS. O pedido pode ser efetuado por terceiros, por meio da Central 135, pelo Meu INSS ou outros canais a serem disponibilizados pelo INSS, sem a necessidade de cadastramento de procuração para esse fim específico ou do comparecimento do beneficiário ou interessado a uma agência da Previdência Social. “Nos casos de beneficiários com dificuldades de locomoção, o requerimento para realização de comprovação de vida por meio de pesquisa externa deverá ser instruído com a comprovação da dificuldade de locomoção, mediante atestado médico ou declaração emitida pelo profissional médico competente, nos mesmos moldes dos documentos exigidos para inclusão de procuração para fins de recebimento de benefício”, informou o INSS.

Confira o novo calendário

  • Vencimento da comprovação até abril de 2021, prova deve ser feita em junho de 2021
  • Vencimento da comprovação de maio e junho de 2020, prova deve ser feita em julho de 2021
  • Vencimento da comprovação de julho e agosto de 2020, prova deve ser feita em agosto de 2021
  • Vencimento da comprovação de setembro e outubro de 2020, prova deve ser feita em setembro de 2021
  • Vencimento da comprovação de novembro e dezembro de 2020, prova deve ser feita em outubro de 2021
  • Vencimento da comprovação de janeiro e fevereiro de 2021, prova deve ser feita em novembro de 2021
  • Vencimento da comprovação de março e abril de 2021, prova deve ser feita em dezembro de 2021
  • Vencimento da comprovação de maio e junho de 2021, prova deve ser feita em janeiro de 2022
  • Vencimento da comprovação de julho e agosto de 2021, prova deve ser feita em fevereiro de 2022
  • Vencimento da comprovação em setembro e outubro de 2021, prova deve ser feita em março de 2022
  • Vencimento da comprovação em novembro de dezembro de 2021, prova deve ser feita em abril de 2022
  • Vencimento da comprovação de janeiro e fevereiro de 2022, prova deve ser feita em maio de 2022
  • Vencimento da comprovação de março e abril de 2022, prova deve ser feita em junho de 2022
  • Vencimento da comprovação de maio e junho de 2022, prova deve ser feita em julho de 2022
  • Vencimento da comprovação em julho de 2022, prova deve ser feita em agosto de 2022