Lira defende redução dos combustíveis e auxílio gás para famílias de baixa renda

Presidente da Câmara se reuniu nesta sexta-feira, 1º, com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes em busca de soluções para a alta nos preços: ‘Final de semana em conversas e tratativas’

  • Por Jovem Pan
  • 01/10/2021 09h47 - Atualizado em 01/10/2021 10h41
MATEUS BONOMI/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDODeputado falou sobre o projeto aprovado na Casa nesta quinta-feira, que cria auxílio para subsidiar o preço do gás para famílias de baixa renda

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, se reuniu nesta sexta-feira, 1º, com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, para debater caminhos para a redução do preço dos combustíveis e do botijão de gás. Em publicação nas redes sociais, o deputado falou sobre o projeto aprovado na Casa nesta quinta-feira, que cria auxílio para subsidiar o preço do gás para famílias de baixa renda. “Com todo gás, seguimos na luta pela redução nos preços dos combustíveis, mas já temos decisões práticas. A Câmara aprovou o “Gás Social”, que corta pela metade o preço do botijão para famílias com baixa renda”, afirmou no Twitter, acrescentando que o final de semana será de negociações. “Em reunião agora com o presidente Bolsonaro e com o Ministro Paulo Guedes para discutirmos não somente o preço dos combustíveis como a pauta da economia. Como eu disse aos líderes, passaremos o final de semana em conversas e tratativas”, completou.

A proposta aprovada pela Câmara nesta quinta-feira estabelece o prazo de 60 dias para que o Ministério da Cidadania crie os critérios para definir as famílias a serem contempladas pelo benefício. A matéria é voltada para lares inscritos no CadÚnico e que possuem renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo ou que tenham membros que recebam o benefício de prestação continuada. O texto ainda deve ser aprovado pelo Senado Federal.