Mesmo com retomada presencial, Black Friday 2021 tem crescimento do e-commerce

Faturamento cresce cerca de 6% nas vendas pela internet até às 21h

  • Por Jovem Pan
  • 26/11/2021 21h51
Pixabay

A Black Friday 2021 teve um crescimento das vendas através do comércio eletrônico, o e-commerce, mesmo com a retomada das atividades presenciais com a queda nos números da pandemia. Segundo levantamento da empresa de pesquisa em comércio Neotrust, o faturamento do e-commerce cresceu 6% até às 21h, em comparação com o mesmo número de horas de 2020, alcançando R$ 4,8 bilhões no total. Cerca de 6,7 milhões de pedidos de produtos ou serviços foram feitos através da internet nesta sexta, 26. Entre outros dados compilados pela empresa, 57% dos pedidos foram feitos por mulheres e 43% por homens; a região Sudeste domina entre os pedidos, com 56,7% do faturamento, seguida por Nordeste (17,87%), Sul (15,21%), Centro-Oeste (7,46%) e Norte (2,77%). Contudo, o Sudeste teve uma queda de 2% no número de pedidos em relação a 2020, enquanto as outras regiões tiveram crescimento: 1% no Sul, 5% no Nordeste e Centro-Oeste e 10% no Norte. Um ponto curioso é que neste ano cresceram as buscas por promoções em alimentos, segundo pesquisa da empresa Ebit/Nielsen. A categoria que entrou pela primeira vez entre as dez mais buscadas na internet – o que é resultado da inflação, que atingiu 10,67% no período de 12 meses até outubro de 2021.