PIB de São Paulo tem alta e volta aos patamares pré-pandemia da Covid-19

De acordo com João Doria, esse é um sinal positivo e que mostra que o Estado já começou a se recuperar

  • Por Jovem Pan
  • 09/09/2020 13h52 - Atualizado em 09/09/2020 13h53
Aloísio Maurício/Estadão ConteúdoO secretário da Fazenda, Henrique Meirelles, destacou que a economia paulista cresceu, em julho, 1,8% em relação ao mesmo mês do ano passado

O Governo de São Paulo anunciou que o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado alcançou, em julho, o mesmo número registrado em janeiro de 2020 — antes da pandemia da Covid-19. De acordo com o governador João Doria, esse é um sinal positivo e que mostra que São Paulo já começou a se recuperar dos impactos da crise. Os números do indicador PIB +30 indicam que o Estado de SP cresceu 2,1% em julho. Somado aos números positivos dos meses de maio e junho, 4,5 e 5,5 respectivamente, a economia de São Paulo chega em 103.2 pontos — após a queda brusca de 10% em abril. Em janeiro, esse número era 103.4 pontos.

João Doria destacou que os trabalhos de recuperação econômica, emprego e renda vão em duas frentes: o plano de investimentos para retomada econômica, denominado Retomada 21/22, que busca investimentos externos e internos nos 14 polos econômicos e os trabalhos de desestatização; e a reforma administrativa entregue na Assembleia Legislativa do Estado (Alesp), que tem como objetivo o enxugamento da máquina pública. O secretário da Fazenda, Henrique Meirelles, destacou que a economia paulista cresceu, em julho, 1,8% em relação ao mesmo mês do ano passado. Os números também são positivo comparando os últimos 12 meses: alta de 0,4%. Já a secretário do Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, reforçou que, em julho, 22 mil empregos foram gerados — além de mais de 22 mil registros de empresas, que não são MEI, na Junta Comercial.