Alemanha ultrapassa 100 mil mortos por Covid-19 e registra recorde de casos

Foram registrados 351 óbitos pela doença e 75,961 novas infecções nas últimas 24 horas; É o 14º país do mundo a superar a marca

  • Por Jovem Pan
  • 25/11/2021 10h40 - Atualizado em 25/11/2021 10h48
EFE/EPA/PHILIPP GUELLANDAlemanha tem tem 70,8% da população com ao menos uma dose e 68,2 % com o esquema vacinal completo

A Alemanha ultrapassou a marca de 100 mil mortes pela Covid-19 nesta quarta-feira, 25. Foram registrados 351 óbitos pela doença nas últimas 24 horas, elevando o número total de mortos durante a pandemia a 100.119, segundo o Instituto Robert Koch. Ainda nesta quarta o país registrou um novo recorde de casos diários: 75,961 novas infecções. De acordo com a AFP, alguns hospitais alemães já enfrentam uma sobrecarga aguda que tornou necessária a transferência de pacientes infectados pela doença para outras regiões. O país é o 14º do mundo a ultrapassar a marca de 100 mil mortos pela Covid-19. Na frente estão Estados Unidos (775 mil), Brasil (613 mil), Índia (466 mil), México (293 mil), Rússia (263 mil), Peru (200 mil), Reino Unido (144 mil), Indonésia (143 mil), Itália (133 mil), Irã (129 mil), Colômbia (128 mil), França (119 mil) e Argentina (100 mil). Os dados são da Universidade Johns Hopkins.

Na semana passada, líderes dos 16 Estados da Alemanha concordaram em exigir dos cidadãos a apresentação de um comprovante de vacinação ou de exames negativos para o uso de transporte público e para a ida aos locais de trabalho em uma tentativa de diminuir a circulação do vírus. Atualmente, o país tem 70,8% da população com ao menos uma dose e 68,2 % com o esquema vacinal completo. Apenas 8,% do público-alvo recebeu a dose de reforço.