Ataque com faca perto de Paris deixa 2 mortos e 2 feridos

  • Por Jovem Pan com Agência EFE
  • 23/08/2018 07h10
ReproduçãoSuspeito gritou "Alá é grande" após realizar os ataques

Pelo menos uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas, nesta quinta-feira (23), após serem atacadas com uma faca por um homem que gritou “Alá é grande” e que foi abatido pela polícia na cidade de Trappes, na região de Paris, segundo informações dos veículos de imprensa franceses.

O delegado do governo no departamento de Yvelines afirmou que no ataque morreram duas pessoas, entre elas o agressor.

No entanto, a polícia disse em mensagem no Twitter que a operação em torno da rua Camille Claudel, em Trappes, tinha terminado e que o suspeito estava “controlado”. Mesmo assim, recomendou que as pessoas evitem o local.

Fontes da polícia, citadas pela emissora “France Info”, explicaram que o atacante apunhalou várias pessoas que passavam pela rua pouco antes das 9h (horário local, 4h de Brasília) e depois se refugiou em uma casa.

Pouco depois, saiu do imóvel gritando “Alá é grande” e recebeu vários tiros das forças de segurança, segundo a emissora “BFMTV”, indicando que ele nasceu em 1982 e que estava fichado pelos serviços secretos por apologia ao terrorismo.

Enquanto aguardava o pronunciamento das autoridades judiciais sobre o ataque, a “BFMTV” disse que os investigadores tentam esclarecer os possíveis vínculos entre o agressor e suas vítimas e não descarta que o caso se trate de um conflito familiar.

A promotoria antiterrorista de Paris afirmou que ainda não tem elementos suficientes para determinar a natureza do ataque. Mesmo assim, o Estado Islâmico reivindicou autoria do crime.