Câmara dos Lordes aprova projeto de lei para evitar Brexit sem acordo

  • Por Jovem Pan
  • 06/09/2019 12h25
EFECom isso, Johnson sofre uma nova derrota

A Câmara dos Lordes do Reino Unido aprovou, nesta sexta-feira (6), o projeto que proíbe a saída do país da União Europeia (UE) – o chamado Brexit – sem um acordo com o bloco. A medida já havia sido aceita, na última quarta-feira (4), pela Câmara dos Comuns, e agora segue para aprovação da rainha Elizabeth II na segunda-feira (9).

O texto forçará o governo do Reino Unido a solicitar ao bloco europeu uma extensão do prazo para o Brexit, que é 31 de outubro, caso não haja a um acordo entre as partes sobre as condições de saída até o dia 19 de outubro. O “Brexit a qualquer custo”, ou seja, com ou sem acordo, é uma promessa do primeiro ministro do país, Boris Johnson, desde que assumiu o cargo.

Suspensão do parlamento

Na semana passada, a rainha aceitou, a pedido de Johnson, a suspensão do Parlamento do Reino Unido entre os dias 9 e 14 de setembro. Com isso, o objetivo do primeiro-ministro era justamente evitar que os parlamentares impedissem o Brexit sem acordo. A suspensão, até o momento, foi mantida pela Câmara dos Lordes, mas deve ser analisada na Suprema Corte.

*Com informações da Agência EFE