Carlos Menem, ex-presidente da Argentina, morre aos 90 anos

Membro do Partido Judicialista, Menem governou país entre os anos de 1989 e 1999 e ocupava cargo de senador pela província de La Rioja

  • Por Jovem Pan
  • 14/02/2021 12h41
Carlos Menem/Twitter/12.11.2020Carlos Menem presidiu argentina entre 1989 e 1999

O ex-presidente da Argentina, Carlos Menem, morreu neste domingo, 14, aos 90 anos por complicações de uma infecção urinária e problemas cardiológicos. Menem, que ocupava atualmente um cargo de senador pela província de La Rioja no Partido Judicialista, foi presidente do país entre os anos de 1989 e 1999. Diabético, o ex-presidente teve uma série de problemas de saúde ao longo de 2020 e estava internado em uma clínica. Pelas redes sociais, o atual presidente da Argentina, Alberto Fernández, lamentou a morte do colega. “Na ditadura, ele foi perseguido e encarcerado. Envio todo meu carinho para Zulema, Zulemita e todos os que hoje choram essa perda”, afirmou.