Considerado ‘potencialmente perigoso’, asteroide passará próximo à Terra em 23 de março

Após o evento, a rocha deve aproximar-se novamente do planeta apenas em 2052; apesar de atingir a velocidade de 120 mil km/h, objeto não colidirá com a Terra

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2021 16h33 - Atualizado em 17/03/2021 17h50
Imagem: Reprodução/NasaSegundo a Nasa, o '2001 FO32' possui aproximadamente 1km de diâmetro e 550 metros de largura

Neste mês, um asteroide de aproximadamente um quilômetro de diâmetro e 550 metros de largura passará “muito perto da Terra”, segundo os padrões astronômicos. A Nasa classifica o objeto como “potencialmente perigoso”, mas garante que não há risco “nem agora, nem nos próximos séculos”, dele colidir com a Terra. Descoberto em março de 2001, o asteroide que leva o nome de “2001 FO32” deve atingir o ponto de maior proximidade com o mundo às 13 h do dia 21 de março. A níveis de comparação, a distância que ele se encontrará do planeta equivale à mais do que cinco vezes o espaço entre a Terra e a Lua.

Segundo a Nasa, o FO32 compõe a lista dos maiores asteroides que se aproximarão da Terra em 2021 e representa aos astrônomos uma chance rara de observar um objeto formado no início de todo o sistema solar. Após o dia 23 de março, sua próxima visita aos arredores do planeta acontecerá apenas em 2052, quando ele passará a 2,8 milhões de quilômetros do mundo. Visando reforçar a sensação de segurança aos terráqueos, a agência espacial dos Estados Unidos informou que mais de 95% dos grandes asteroides próximos à Terra já foram descobertos, estudados e registrados. Desta forma, nenhum deles tem chance de impactar o mundo no próximo século.