Contrariando recomendações, Casa Branca organiza festa de fim de ano

A recepção acontecerá poucos dias depois do Feriado de Ação de Graças, que as autoridades de saúde pedem que não seja celebrado como de costume por causa da disseminação do coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2020 17h12 - Atualizado em 23/11/2020 18h07
EFE/EPA/JIM LO SCALZOA primeira-dama Melania Trump recebe a gigantesca árvore de Natal que fará parte das decorações da Casa Branca esse ano

A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, realizará uma festa de fim de ano na Casa Branca no dia 30 de novembro, de acordo com um convite obtido pela rede de televisão norte-americana ABC News. A recepção acontecerá poucos dias depois do Feriado de Ação de Graças, que as autoridades de saúde estão pedindo que não seja celebrado como de costume, assim como o Natal e o Réveillon, para evitar a propagação do coronavírus. Durante o último final de semana, o número de casos de Covid-19 ultrapassaram os 12 milhões nos Estados Unidos. Em um pronunciamento, a chefe de gabinete Stephanie Grisham esclareceu que a Casa Branca celebrará o Natal e a festa judaica do Hanukkah no ambiente “o mais seguro possível”, com listas de convidados menores, uso de máscara obrigatório, álcool em gel disponível e distanciamento social encorajado. “Os convidados desfrutarão de comida preparada individualmente (…). Todas as bebidas serão cobertas (…). Participar da festa será uma escolha pessoal”, afirmou.

Na manhã desta segunda-feira, a primeira-dama participou da inauguração da árvore de Natal da Casa Branca, que esse ano possui quase seis metros de altura. Melania não usou máscara durante o evento, apesar da presença de uma banda, dos fotógrafos e dos fazendeiros que cultivaram a árvore natural. Outra tradição de fim de ano da Casa Branca ainda deve acontecer durante essa semana: é costume que, nessa época do ano, o presidente dos Estados Unidos “poupe” um peru de ser comida durante a ceia de Ação de Graças.

*Com informações de agências internacionais