Covid-19: Presidente das Filipinas diz para polícia ‘atirar para matar’ em quem descumprir isolamento

O país tem 96 mortes e mais de 2.300 infectados pelo novo coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 02/04/2020 14h59 - Atualizado em 02/04/2020 15h02
EFERodrigo Duterte, presidente das Filipinas

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, afirmou nesta quinta-feira (2) que deu ordem às policias do país e aos militates para atirarem em quem descumprir as regras de isolamento determinadas para contenção do contágio do novo coronavírus.

“Minha ordem para a polícia e os militares foi, se houver problemas, se houve ocasião em que eles revidem e em que suas vidas estejam em perigo, atire neles para matar. Entendido? Para matar. Em vez de causar problemas, eu vou enterrá-lo, declarou Duterte, em pronunciamento na TV.

De acordo com as autoridades de saúde, o país tem 96 mortes e mais de 2.300 infectados pela Covid-19.

O comentário de Duterte acontece após diversas diversas prisões em uma região pobre de Manila, capital das Filipinas. Autoridades policiais do país afirmaram que “Duterte estava demonstrando sua seriedade com relação à ordem pública, e ninguém seria baleado”, de acordo com CNBC.