Democratas apresentam pedido de impeachment contra Donald Trump

Documento protocolado nesta segunda-feira, 11, afirma que discursos feitos ao longo da última semana nas redes sociais foram responsáveis por invasão ao Capitólio

  • Por Jovem Pan
  • 11/01/2021 14h23 - Atualizado em 11/01/2021 14h38
Photo by Sgt. Dana M Clarke Wikimedia CommonsPresidente Donald Trump teve segundo pedido de impeachment protocolado

Membros do partido Democrata protocolaram nesta segunda-feira, 11, um pedido de impeachment contra o republicano Donald Trump. Na ação, os representantes acusam o presidente dos Estados Unidos de “incitação à insurreição” e afirmam que os discursos feitos por ele na última semana foram responsáveis pela violência registrada por apoiadores no Capitólio no dia 6 de janeiro. A invasão ocorreu durante sessão presidida pelo vice Mike Pence que deveria reconhecer a vitória de Joe Biden. Pelo menos cinco pessoas morreram e mais de 70 foram presas ou continuam procuradas por invasão e depredação de patrimônio.

Poucos dias antes da cerimônia que oficializaria a vitória do democrata, Trump usou as redes sociais para repetir acusações sem provas de que as eleições tinham sido fraudadas. Ele também incentivou que o vice não reconhecesse a vitória do adversário no Capitólio.  No dia da invasão, o republicano foi às redes sociais pedir que os apoiadores tivessem calma, mas voltou a reforçar o discurso de fraude e disse que amava todos eles. A conta dele foi suspensa permanentemente do Twitter após a repercussão do vídeo. A justificativa dada na ocasião foi de que a rede social queria evitar que a incitação à violência ocorresse novamente. O Facebook e Instagram também proibiram os posts de Trump.

Esse é o segundo pedido de impeachment protocolado pelos democratas contra Trump. O primeiro, em 2019, foi registrado após o vazamento de conversas que mostravam o republicano pressionando a Ucrânia a investigar o então pré-candidato Joe Biden. Na ocasião, o pedido chegou a ser aceito pela Câmara, mas não foi aprovado pelo Senado. A segunda solicitação de impeachment contra Trump ocorre menos de dez dias antes dele deixar a Casa Branca. A posse do presidente eleito Joe Biden e da vice-presidente Kamala Harris deve ser realizada no dia 20 de janeiro e, apesar de ser majoritariamente online, a segurança deve ser reforçada no local para evitar que ocorrências como a da última quarta-feira se repitam.