Em busca da origem da Covid-19, equipe da OMS visita mercado que registrou 1º surto da doença

Equipe com pesquisadores de nove países chegou à China no dia 14 de janeiro e cumpriu quarentena antes de iniciar visitas

  • Por Jovem Pan
  • 31/01/2021 08h59 - Atualizado em 31/01/2021 09h04
The Yomiuri Shimbun/ReutersEquipe de especialistas da OMS visitou mercado neste domingo

Uma equipe de especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) visitou neste domingo, 31, o mercado de frutos do mar de Huanan, que registrou o primeiro surto da Covid-19 conhecido na região quando a doença ainda era uma “pneumonia desconhecida”. A visita faz parte de uma expedição em busca das origens da doença. “Foi muito informativo e crítico para nossos times de investigação conjuntos entenderem como a epidemiologia da Covid começou e se espalhou no fim de 2019″, afirmou um dos membros da equipe, Peter Daszak, em publicação nas redes sociais. Ele disse, ainda, que foi tocado “pela importância histórica” do lugar e da simpatia dos vendedores e toda uma comunidade que “perdeu o meio de vida por causa da Covid-19”.

A equipe da OMS, formada por especialistas dos Estados Unidos, Japão, Rússia, Reino Unido, Holanda, Dinamarca, Austrália, Vietnã, Alemanha e Catar, chegou à China no dia 14 de janeiro e cumpriu uma rigorosa quarentena de duas semanas antes de iniciar as pesquisas pela origem da doença. O primeiro local visitado foi um hospital da cidade que tratou os primeiros casos da doença. Neste domingo, além do mercado de Huanan, a equipe foi até o mercado de Baishazhou. As duas visitas foram feitas sob forte esquema de segurança. A expectativa é de que a análise de evidências leve meses até ser concluída.