Estados Unidos: Enigma do assassino do Zodíaco é desvendado após 51 anos

Serial killer que atuou entre os anos 1960 e 1970, no norte da Califórnia, nunca foi encontrado

  • Por Jovem Pan
  • 12/12/2020 00h19 - Atualizado em 12/12/2020 00h22
Reprodução/ New York Post

O assassino do Zodíaco é um dos mais famosos serial killers da história dos Estados Unidos. O homem que aterrorizou o Norte da Califórnia entre os anos 1960 e 1970 ficou famoso por enviar mensagens criptografas para jornais locais e para a polícia, se gabando de seus crimes. Uma das mensagens enviadas em 1969 foi decodificada neste mês por um grupo de especialistas, informou nesta sexta-feira, 11, o jornal San Francisco Chronicle, que recebeu os originais. “Espero que vocês estejam se divertindo muito tentando me pegar. Não tenho medo da câmara de gás porque ela me enviará ao paraíso mais cedo, porque agora tenho escravos suficientes para trabalhar para mim”, diz uma parte da carta.

Segundo o próprio Zodíaco, como ele se chamava, ele matou 37 pessoas. O assassino atacava preferencialmente casais em seus carros. “No fim de semana passado, uma equipe em que estou resolveu a ‘cifra 340’ e a enviou ao FBI”, disse o especialista em codificação David Oranchak ao Chronicle. “Eles confirmaram a solução. Não é brincadeira! Este é um negócio real”. Uma porta-voz do escritório do FBI em São Francisco confirmou que a mensagem foi descoberta, dizendo que os investigadores estavam “cientes de que uma cifra atribuída ao assassino do Zodíaco foi recentemente resolvida por cidadãos particulares”. A ideia dos especialistas era encontrar alguma pista que levasse à identidade do serial killers, que nunca foi encontrado.