Estados Unidos impõem sanções à Rússia por envenenamento de Navalny

A Casa Branca afirmou que possui relatórios que confirmam que o Serviço de Segurança Federal Russo tentou usar um agente químico para matar o líder da oposição

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2021 13h01 - Atualizado em 02/03/2021 13h12
EFE/EPA/YURI KOCHETKOVAlexei Navalny foi condenado a três anos e meio de prisão ao retornar para a Rússia

Os Estados Unidos anunciaram sanções contra a Rússia nesta terça-feira, 2, devido à tentativa de assassinato e à prisão do principal líder da oposição russa, Alexei Navalny. Em comunicado, a Casa Branca afirmou que possui relatórios que confirmam que o político foi envenenado pelo Serviço de Segurança Federal Russo, a antiga KGB, com o agente químico Novichok. Por isso, foram impostas restrições econômicas e de visto ao país.

No final de janeiro, o presidente Joe Biden já tinha conversado por telefone com o chefe de governo da Rússia, Vladmir Putin, e pedido pela libertação de Navalny. O anúncio das sanções mostram uma mudança de tom dos Estados Unidos em relação ao governo do ex-presidente Donald Trump. “Já estamos enviando um sinal claro à Rússia de que há consequências para o uso de armas químicas”, disse um dos altos funcionários de Washington D.C., que pediu anonimato.

*Com informações da EFE