Falha estrutural causou desabamento de viaduto que matou 24 pessoas no México

Análise feita por empresa norueguesa apontou que pelo menos seis erros no processo de construção do viaduto contribuíram para queda de trem

  • Por Jovem Pan
  • 16/06/2021 16h33 - Atualizado em 16/06/2021 18h21
EFE/ Carlos RamírezQueda de viaduto deixou 24 pessoas mortas

Uma investigação independente liderada pela prefeitura da Cidade do México afirmou nesta quarta-feira, 16, que a possível causa da queda de um trem de um viaduto que deixou mais de 20 mortos na capital do país em maio foi uma “falha estrutural”. Em entrevista coletiva, um membro da secretaria de Obras e Serviços da cidade afirmou que uma investigação conduzida pela empresa norueguesa DNV identificou que a construção do viaduto no qual o trem estava quando desabou tinha materiais de construção deficientes, assim como deformações em suportes estruturais. Segundo o relatório feito pela empresa, pelo menos seis erros no processo de construção contribuíram para o acidente. “Esses dados nos permitem subentender, em uma base preliminar, que o incidente foi causado por uma falha estrutural”, afirmou Jesus Esteva.

A queda do viaduto no México que matou 24 pessoas ocorreu no dia 3 de maio, quando um trem passava na linha 12 do metrô, desabando em uma das avenidas mais movimentadas da capital mexicana. Carros foram esmagados pelas estruturas. Equipes médicas, bombeiros e soldados do Exército foram responsáveis pelo resgate dos sobreviventes, que contou com a ajuda de um guindaste. O risco de novos desabamentos fez com que as ações de resgate fossem momentaneamente suspensas. A empresa norueguesa foi escolhida para fazer a vistoria por não ter nenhuma ligação direta com as empresas coparticipantes no funcionamento da linha de metrô que sofreu o acidente.