‘Grande meteoro’ entra na atmosfera entre Uruguai e Brasil, revela especialista

Evento ocorreu entre o município de Cerro Largo e o estado do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira

  • Por Jovem Pan
  • 21/10/2021 01h00
Reprodução/ satélite GOES-16Satélite GOES-16 registrou o momento em que o meteoro entrou na atmosfera

O diretor do departamento de Astronomia da Faculdade de Ciências do Uruguai, Gonzalo Tancredi, revelou à Agência Efe nesta quarta-feira, 20, a entrada de um “grande meteoro” na atmosfera da região fronteiriça entre o país e o Brasil. De acordo com o especialista, o fenômeno aconteceu por volta de 12h (de Brasília), entre o departamento uruguaio de Cerro Largo e o estado do Rio Grande do Sul. Segundo Tancredi, diversas testemunhas relataram ter observado no céu um objeto luminoso, além de um “forte estrondo”, que fez tremer vidros e paredes na região. A ocorrência do fenômeno foi confirmada por imagens do satélite GOES-16, que no canal de dados utilizado para estudo de descargas de raios, registrou o rastro de luz que o meteoro deixa na passagem pela atmosfera.

“Começaram a chegar alguns reportes do evento, o que consideramos compatíveis com a entrada de um grande meteoro na atmosfera da Terra”, explicou Tancredi. Além disso, o especialista indicou que a diferença entre meteoro e meteorito, reside no fato do segundo, quando impacta a atmosfera, tem destroços encontrados, o que não aconteceu até o momento. Tancredi pediu para que a população da região, caso localize algum fragmento de rochas, comunique as autoridades locais, para que sejam feitas análises. Além disso, garantiu que qualquer parte não representa perigo às pessoas. “Como entra em uma velocidade superior à velocidade do som, é produzida uma onda de choque que é transmitida através da atmosfera, gerando uma sobreposição, que, ao alcançar a superfície da Terra, se escuta como uma grande explosão, podendo produzir vibrações e o rompimento de vidros”, afirmou.

*Com informações da EFE