Polícia encontra restos mortais humanos próximos a pertences de Bryan Laundrie, noivo de Gabby Petito

Influencer norte-americana foi encontrada morta e Laundrie era o principal suspeito; ainda não há confirmação se restos são dele

  • Por Jovem Pan
  • 20/10/2021 19h06 - Atualizado em 21/10/2021 07h33
Reprodução / Instagram / @GabsPetitoGabby Petito e Bryan Laundrie estavam viajando pelos Estados Unidos em van, e postavam frequentemente nas redes sociais

Autoridades dos Estados Unidos informaram que encontraram restos humanos próximos a pertences que consideram ser de Bryan Laundrie, noivo da influencer Gabby Petito. Laundrie é procurado por ser suspeito de ter matado Petito, que foi encontrada morta em setembro após uma viagem através do país norte-americano com ele. Os restos mortais  encontrados nesta quarta, 20, estavam em um pântano na reserva de Carlton, na Flórida, e ainda não se sabe se são realmente de Laundrie. “Hoje cedo, os investigadores encontraram o que parece ser restos humanos, junto com itens pessoais, como uma mochila e um caderno, pertencentes a Brian Laundrie. Esses itens foram encontrados em uma área que até recentemente ficava submersa”, disse Michael McPherson, agente especial do FBI na Divisão de Tampa, em entrevista coletiva.

Os pais de Laundrie reconheceram os itens como pertencentes ao filho. “O FBI e (o Departamento de Polícia de North Port) foram informados ontem à noite das intenções dos pais de Brian e eles encontraram Chris e Roberta (Laundrie) lá esta manhã. Após uma breve busca em uma trilha que Brian frequentava, alguns artigos pertencentes a Brian foram encontrados. A partir de agora, a aplicação da lei está conduzindo uma investigação mais completa dessa área”, afirmou Steve Bertolino, advogado da família, em comunicado. A polícia enviou um legista ao local, assim como uma unidade canina usada para rastrear restos humanos.

Gabby Petito morreu estrangulada e ficou desaparecida por três ou quatro semanas antes de ter o corpo localizado no Parque Nacional Grand Teton, no Estado de Wyoming. Ela estava numa viagem através do país com Laundrie em uma van, e os dois compartilhavam frequentemente registros em suas redes sociais. Quando Gabby já estava desaparecida, Laundrie voltou para casa, na Flórida, e se recusou a dar declarações públicas sobre o caso. Posteriormente, ele também saiu de casa e desapareceu. A Justiça emitiu um mandado de prisão contra Bryan por ele ter usado o cartão da noiva quando ela já estaria morta, e o FBI assumiu as buscas pelo homem.