Imagens de satélite mostram danos em hangares de base atacada pelo Irã

O ataque aconteceu nesta terça-feira (7) e foi uma retaliação ao assassinato do general Qasem Soleimani. Até o momento, o Pentágono ainda não publicou imagens próprias

  • Por Jovem Pan
  • 08/01/2020 16h58 - Atualizado em 08/01/2020 16h58
EFEImagens de satélite mostram danos às bases americanas atacadas pelo Irã

Imagens feitas por satélite mostram danos significativos em edifícios da base aérea Al Asad, no Iraque, que abriga tropas americanas e foi atacada nesta terça-feira (7) à noite pelo Irã, no que os analistas dizem que poderiam ser hangares e locais em que equipamentos eram guardados.

Nas fotografias, tiradas pela empresa americana Planet, pode-se ver que, pelo menos, cinco instalações foram danificadas pelo ataque à base, localizada na província iraquiana de Al Anbar, no oeste do País. Até o momento, o Pentágono ainda não publicou imagens próprias.

O especialista David Schmerler, do Instituto de Estudos Internacionais de Middlebury, disse à emissora pública de rádio dos EUA, NPR, que os edifícios afetados pelo ataque parecem ter sido usados para armazenar aviões.

“Há outras estruturas na área de base que seriam exclusivas das pessoas, por isso eles (iranianos) podem ter tentado atingir locais com equipamentos em vez de pessoas”, afirmou o especialista.

Em discurso à nação desta quarta, o presidente americano, Donald Trump, disse que não houve fatalidades e que os danos materiais foram mínimos nos ataques com mísseis balísticos a duas bases em território iraquiano.

O ataque desta terça representa a primeira resposta de Teerã ao assassinato do general Qasem Soleimani, na última sexta-feira, em uma operação americana com drone perto do aeroporto de Bagdá.

*Com informações da EFE