Irmã de Kim Jong-un diz que EUA têm ‘expectativas equivocadas’ sobre a Coreia do Norte

Kim Yo-Jong afirmou que governo de Joe Biden pode mergulhar em ‘decepção ainda maior’

  • Por Jovem Pan
  • 22/06/2021 16h43 - Atualizado em 22/06/2021 18h17
EFE/EPA/Chris Kleponis / POOLPresidente norte-americano Joe Biden

A irmã de Kim Jong-un afirmou nesta terça-feira, 22, que os Estados Unidos têm “expectativas equivocadas” sobre um avanço nas negociações nucleares com a Coreia do Norte e podem ter “uma decepção ainda maior”. Kim Yo-Jong deu a declaração à mídia estatal após um comentário de Jake Sullivan, o conselheiro para Segurança Nacional do presidente norte-americano, Joe Biden. Sullivan declarou que o líder norte-coreano Kim Jong-Un deu um “sinal interessante” na semana passada, quando pediu que seu partido se preparasse para “diálogo e confronto” com os EUA. O governo Biden prometeu uma abordagem “prática e equilibrada” para convencer a Coreia do Norte a abandonar as armas nucleares. Yo-Jong, no entanto, mostrou que as negociações não são uma possibilidade concreta. “Um provérbio coreano diz que no sonho, o que mais conta é ler, não ter. Parece que os EUA podem interpretar a situação de forma a buscar conforto para si”, disse. “A expectativa, que eles escolheram abrigar da maneira errada, iria mergulhá-los em uma decepção ainda maior”, completou.