Médico da Casa Branca diz que Trump pode voltar a eventos públicos no próximo sábado

Segundo boletim médico, no sábado, dia no qual o diagnóstico do presidente completa 10 dias, ele está liberado para comparecer a eventos na corrida eleitoral

  • Por Jovem Pan
  • 08/10/2020 20h51
Donald Trump será liberado para participar de eventos públicos no domingo

O último boletim de saúde de Donald Trump, divulgado na noite desta quinta-feira, 8, pela Casa Branca, afirmou que o presidente dos Estados Unidos não tem mais indicação de progressão do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no organismo. No comunicado, o médico de Trump, Dr. Sean Conley, afirmou que no momento em que Trump completar 10 dias do diagnóstico da doença ele estará liberado para comparecer a compromissos públicos. “Ele tem respondido muito bem ao tratamento, sem evidências de efeitos terapêuticos adversos”, afirmou o documento.

A notícia da contaminação de Trump com o novo coronavírus foi divulgada à imprensa norte-americana na madrugada do dia 2 de outubro, pouco após a participação dele no primeiro debate presidencial dos EUA. Ele chegou a ser internado em um hospital pouco após o diagnóstico e recebeu um tratamento com Regeneron, droga experimental usada em alguns dos casos mais graves da doença. Após ser liberado do hospital e voltar à Casa Branca, o presidente usou as redes sociais para fazer propaganda do remédio e afirmar que quer distribuí-lo gratuitamente para o país.

A contaminação de Trump a pouco de um mês das eleições presidenciais nos Estados Unidos preocupou os republicanos que já estavam reticentes com a crescente onda do Black Lives Matter nas cidades. Eventos que estavam agendados com antecedência, como o debate entre a vice-candidata Kamala Harris e o vice-candidato Mike Pence foram realizados com reforço nas medidas de segurança.