Mundo registrou mais casos de Covid-19 nas últimas 2 semanas do que nos primeiros 6 meses da pandemia

O diretor-geral da agência, Tedros Adhanom Ghebreyesus, atribuiu esse fenômeno à piora da crise sanitária na Índia e no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 03/05/2021 16h19 - Atualizado em 03/05/2021 20h22
EFE/EPA/JAGADEESH NVO mundo registrou mais de 11 milhões de novas infecções pelo novo coronavírus entre os dias 19 de abril e 2 de maio

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um relatório nesta segunda-feira, 3, que indica que o mundo registrou mais casos de Covid-19 nas últimas duas semanas do que nos seis primeiros meses da pandemia do novo coronavírus. Foram 11.439.682 infecções entre os dias 19 de abril e 2 de maio e 11.136.596 de janeiro a junho de 2020. O diretor-geral da agência, Tedros Adhanom Ghebreyesus, atribuiu esse fenômeno à piora da crise sanitária na Índia e no Brasil, que responderam por mais da metade dos casos de todo o mundo na semana passada. Só nas últimas 24 horas, o país asiático reportou 368 mil novas contaminações, enquanto o consórcio de veículos de imprensas brasileiro notificou 407 mil. No mesmo dia, a OMS também compartilhou um balanço relativo à Covax Facility, que distribui vacinas contra a Covid-19 a países menos desenvolvidos. Segundo o relatório, mais de 50 milhões de doses já foram enviadas para 121 países. Ainda nesta segunda-feira, 3, a Suécia prometeu doar um milhões de unidades do imunizante da AstraZenecaUniversidade de Oxford ao consórcio.