Padre é preso após jogar ácido em bispos que deliberavam sobre expulsão dele da igreja

Caso foi registrado na Grécia e religiosos atacados foram socorridos para hospital; guarda de monastério que ajudou a prender suspeito do crime também ficou ferido

  • Por Jovem Pan
  • 23/06/2021 15h45 - Atualizado em 23/06/2021 17h04
Holy Sinod/Facebook/Reprodução Ataque ocorreu durante reunião de bispos

Um padre foi preso após jogar ácido em pelo menos seis bispos da igreja católica ortodoxa no Monastério de Petraki, em Atenas, na Grécia, nesta quarta-feira, 23. O grupo de bispos se reunia para deliberar sobre uma possível laicização do religioso, processo no qual o padre é expulso das atividades religiosas na igreja, quando foi surpreendido com o ataque. Os bispos foram socorridos com ferimentos nas mãos e nos rostos, assim como um guarda que tentou conter o autor do crime. O motivo pelo qual o padre estava sendo julgado ainda não foi esclarecido pela polícia e o material usado no ataque também não foi identificado até o momento. De acordo com o jornal Greek Reporter, dois dos sete bispos estão com estado de saúde considerado ‘grave’, mas não correm risco de vida.