Papa Francisco e papa emérito Bento XVI recebem vacina contra Covid-19

Com 84 e 93 anos, respectivamente, eles pertencem à lista de prioridades da campanha de vacinação do Vaticano, iniciada na quarta-feira com o imunizante da Pfizer-BioNTech

  • Por Jovem Pan
  • 14/01/2021 12h30
O Vaticano pretende imunizar cinco mil pessoas contra a Covid-19 e, para isso, comprou dez mil doses da vacina da Pfizer-BioNTech

O papa Francisco e o papa emérito Bento XVI receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A informação foi confirmada pelo porta-voz da Santa Sé, Matteo Bruni, nesta quinta-feira, 14. O pontífice e o bispo receberam o imunizante desenvolvido pela Pfizer em parceria com a BioNTech no pátio do Salão Paulo XVI, sem a presença da mídia. Com 84 e 93 anos, respectivamente, eles pertencem à lista de prioridades da campanha de vacinação do Vaticano, que inclui idosos, profissionais da saúde e da segurança. A cidade-Estado começou as inoculações na quarta-feira, 13, com a expectativa de imunizar cinco mil pessoas, entre funcionários, residentes, aposentados e familiares. Francisco e Bento devem receber a segunda dose da vacina daqui três semanas.

Em entrevista, o papa Francisco já tinha sinalizado que pretendia receber a imunização contra o novo coronavírus. “Eu acredito que eticamente todo mundo deveria tomar a vacina. É uma opção ética porque você aposta na saúde, na sua vida, mas também na vida dos outros”, ressaltou na ocasião. O líder da Igreja Católica ainda criticou a existência de um “negacionismo suicida” em relação ao imunizante que ele disse não compreender.  A vacina da Pfizer-BioNTech é a mesma que está sendo aplicada em todos os países-membro da União Europeia, incluindo a Itália.

*Com informações da EFE