Perícia inicial aponta que youtuber Gabby Petito foi assassinada

FBI confirmou que restos mortais encontrados em parque no último domingo são da jovem que estava desaparecida desde agosto

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2021 20h33 - Atualizado em 21/09/2021 22h00
Reprodução/ Instagram @gabspetitoGabrielle viajava com o noivo de van pelo país

O FBI confirmou nesta terça-feira, 21, que os restos mortais encontrados no último domingo, 19, em um acampamento no Parque Nacional Grand Teton, em Wyoming, nos Estados Unidos, são de Gabrielle ‘Gabby’ Petito, youtuber de 22 anos que desapareceu durante viagem de van com o noivo. Segundo o médico legista Brent Blue, do condado de Teton, há sinais de que a jovem foi assassinada. No entanto, a causa oficial da morte ainda depende da conclusão da autópsia. A família de Gabby informou seu desaparecimento às autoridades no dia 11 de setembro, dez dias depois que o noivo da youtuber, Brian Laundrie, voltou para casa de uma viagem que os dois faziam pelo país, sozinho, e se recusou a falar onde Gabby estava. A área onde o corpo foi encontrado tinha uma cruz formada por pedras.

Apontado como ‘pessoa de interesse’ — termo bastante usado nos Estados Unidos para os principais suspeitos de um caso — o noivo Brian, de 23 anos, foi dado como desaparecido pelos pais na sexta-feira, dia 17. De acordo com a família Laundrie, o filho foi visto pela última vez na terça, dia 14, indo em direção à floresta próximo de casa, na Flórida. A polícia já faz buscas pela região. Horas depois que o corpo de Gabby foi encontrado, o FBI fez uma varredura na casa de Brian e recolheu documentos e um veículo.