Policiais são criticados por levar homem a pé e amarrado para delegacia no Texas

Imagem foi comparada à época da escravidão. Chefe de polícia pediu desculpas pela “humilhação desnecessária”

  • Por Jovem Pan
  • 06/08/2019 17h27
Reprodução/TwitterDonald Neely foi levado algemado e preso em uma corda por oito quarteirões, enquanto os agentes estavam à cavalo

O chefe de polícia de Galveston, no Texas, Vernon L. Hale, pediu desculpas nesta terça-feira (6) pela forma como dois policiais brancos levaram Donald Neely, de 43 anos, preso por invasão de propriedade privada, até a delegacia. Segundo ele, tratou-se de uma “humilhação desnecessária”.

Neely foi levado algemado e preso em uma corda por oito quarteirões, enquanto os agentes estavam à cavalo. A imagem foi compartilhada nas redes sociais e comparada com a época da escravidão por vários internautas.

De acordo com a CBS Houston, o departamento de polícia disse que esta “técnica de transportar pessoas enquanto se está à cavalo é a mais indicada em alguns cenários, como para controlar uma multidão, e que não foi utilizada corretamente naquele momento”.

Hale divulgou o seguinte comunicado: “Antes de mais nada, gostaria de me desculpar ao homem por essa humilhação desnecessária. Por mais que esta seja uma técnica treinada e a mais indicada em alguns cenários, acredito que os nossos policiais tiveram um erro de julgamento neste caso e poderiam ter esperado por uma viatura no local. Meus policiais não tiveram intenções maliciosas no momento da detenção, mas nós imediatamente falamos com a polícia para prevenir o uso desta técnica e eles irão rever todo o treinamento e procedimentos em busca de métodos mais apropriados.”

Os agentes não receberam punições.