Premiê diz que Portugal deve se preparar para segunda onda da Covid-19

António Costa adverte que a sociedade não “suportará” novos períodos de isolamento social

  • Por Jovem Pan
  • 15/07/2020 11h31
EFE/David FernándezPara ele, Portugal precisa se preparar para a possibilidade de uma segunda onda do coronavírus nos próximos meses

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, advertiu nesta quarta-feira (15) que a sociedade não “suportará” outro confinamento como o vivido entre março e maio devido à pandemia de Covid-19. O premiê pediu para que a população se prepare para “evitar o pior” nos meses de outono e inverno. “Há uma coisa que sabemos, não podemos repetir o confinamento que tivemos que impor durante o estado de emergência e nas semanas seguintes porque a sociedade, as famílias, as pessoas não suportarão passar por aquilo novamente”, disse.

Para ele, Portugal precisa se preparar para a possibilidade de uma segunda onda do coronavírus nos próximos meses. “O tempo é curtíssimo. Talvez não possamos fazer tudo, mas temos de arregaçar as mangas e fazer o nosso melhor para assegurar a continuidade do funcionamento da sociedade, principalmente das escolas, das empresas e dos serviços da administração pública. Temos que desejar o melhor, mas nos preparar para o pior”, argumentou. Ao todo, o país registrou seis mortes e 375 novas infecções nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). A região de Lisboa e Vale do Tejo representou mais uma vez a maioria dos casos, 76,8%, como tem ocorrido há mais de um mês. Desde o início da pandemia, o país já reportou 1.676 mortes e 47.426 casos de Covid-19.

*Com informações da EFE