Primeira morte por Covid-19 aconteceu 20 dias antes do reportado nos EUA

Informações foram divulgadas pelas autoridades do condado de Santa Clara, no estado da Califórnia

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2020 16h40
Estadão ConteúdoÓrgãos locais de saúde apontaram que a autópsia de dois corpos, um de um pessoa falecida no dia 6 e outra no dia 17, indicaram a presença do patógeno

A primeira morte nos Estados Unidos em decorrência da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, aconteceu em 6 de fevereiro e não no dia 26 do mesmo mês, segundo informações divulgadas pelas autoridades do condado de Santa Clara, no estado da Califórnia.

De acordo com comunicado, os órgãos locais de saúde apontaram que a autópsia de dois corpos, um de um pessoa falecida no dia 6 e outra no dia 17, indicaram a presença do patógeno, a partir de exame de DNA, que foi ratificado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), agência do governo federal.

Inicialmente, a primeira morte nos registros oficiais era de 29 de fevereiro, ocorrida em Seattle, no estado de Washington, o mais afetado no início da pandemia da Covid-19 nos Estados Unidos. Posteriormente, se descobriu que outras duas pessoas morreram no dia 26, na mesma região.

Em entrevista ao jornal americano The New York Times, a diretora médica do condado de Santa Clara, Sara Cody, admitiu que outros casos podem surgir com as mesmas características.

“Provavelmente, é a ponta de um iceberg de tamanho desconhecido”, avaliou.

Segundo a representante do governo local, as duas pessoas que foram testadas para Covid-19 após a morte, tinham não tinham histórico recente de viagem ao exterior, o que era mais comum no período de contágio nos EUA. Por isso, não há suspeita sobre como contraíram o coronavírus.

* Com EFE