Secretário-geral da ONU mostra decepção com acordo final da COP26

António Guterres se manifestou, por meio de vídeo gravado, pouco depois do anúncio da aprovação do Pacto Climático de Glasgow, no Reino Unido, onde aconteceu o evento

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2021 20h51
Evan Schneider/EFESecretário disse que os países não atingiram os objetivos durante a conferência

O secretário-geral da ONU, António Guterres, não escondeu neste sábado, 13, a decepção pelo texto final da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), por considerar que as metas não foram alcançadas durante a reunião de cúpula. “Não conseguimos atingir os objetivos desta cúpula”, disse o português, que admitiu terem sido dados “importantes passos”, mas que acabaram não sendo maiores devido a falta de vontade política. O secretário-geral da ONU se manifestou, por meio de vídeo gravado, pouco depois do anúncio da aprovação do Pacto Climático de Glasgow, no Reino Unido, onde acontece a COP26. “O que foi aprovado é um compromisso, que reflete contradições e o estado da política do mundo de hoje”, lamentou Guterres.

Um acordo de última hora entre China, Estados Unidos e Índia, mudando a linguagem de um dos parágrafos principais do texto. A afirmação sobre “eliminação progressiva” do carbono foi alterada para “redução progressiva”. A alteração foi recebida com surpresa pela maioria dos delegados presentes na COP26, com muitos delegados apontando para a falta de transparência nas negociações entre os três países. “Reafirmo minha convicção de que devemos terminar com os subsídios para os combustíveis fósseis”, defendeu o português. Além disso, Guterres celebrou o acordo entre EUA e China, anunciado nesta semana, de que trabalharão em conjunto para reduzir as emissões durante a década de 2020, assim como o compromisso pelo fim global do desmatamento.

*Com informações da EFE