Sobe para 22 o número de mortos em desabamento de prédio em Miami

Prefeita do Condado de Miami-Dade informou que, devido à chegada do furacão Elsa, as buscas podem ser interrompidas nos próximos dias

  • Por Jovem Pan
  • 03/07/2021 00h08
EFE/EPA/CRISTOBAL HERRERA-ULASHKEVICHPrédio desabou no dia 24 de junho, no período da noite

A prefeita do condado de Miami-Dade, Daniella Levine Cava, confirmou nesta sexta-feira, 3, que outros dois corpos foram extraídos dos escombros do edifício que desabou parcialmente em Surfside, o que eleva para 22 o total de mortos, enquanto 126 pessoas continuam desaparecidas. Levine Cava anunciou também que autorizou a demolição de parte do edifício Champlain Towers South que ficou de pé. No dia 24 de junho, uma ala com 55 apartamentos desabou por causas ainda indeterminadas. Em declarações à emissora americana CNN, a prefeita disse que a demolição não ocorrerá antes da possível chegada do furacão Elsa a Miami-Dade no começo da semana que vem.

“Nesta tarde assinei uma ordem de emergência que autoriza a demolição, quando os engenheiros também determinem os próximos passos para o processo”, disse a governante. A assinatura da ordem tem como objetivo ajudar a avançar mais rápido quando chegar o momento preciso para a demolição, processo que requer muito cuidado. Levine Cava disse também que o furacão Elsa, atualmente no leste do Caribe, pode forçar a interrupção das tarefas de busca e resgate, mas que ainda é “cedo” para saber os riscos envolvidos.

*Com informações da EFE