Três militares venezuelanos se rendem e conflitos se espalham pela fronteira

  • Por Jovem Pan
  • 23/02/2019 11h37 - Atualizado em 23/02/2019 11h37
EFE/Ernesto Guzmán Jr.Venezuelanos se reúnem na fronteira com a Colômbia

Autoridades colombianas relataram o abandono de três membros da Força Armada Nacional da República Bolivariana da Venezuela (FANB) na fronteira do país com a Colômbia neste sábado (23). Responsáveis pelo bloqueio da região, os militares se renderam a um grupo civil que tentava atravessar a fronteira. A FANB não se pronunciou sobre o assunto.

A fronteira entre os países está fechada desde que o ditador da Venezuela, Nicolas Maduro, ordenou o bloqueio diante de supostas “ameaças” contra sua soberania. Tropas de choque impedem a circulação pela região e a entrega de cerca de 200 toneladas de alimentos e suprimentos médicos reunidos pela oposição, liderados por Juan Guaidó.

Há pouco, houve conflito entre militares e civis na cidade fronteiriça de Ureña, local previsto para receber os suprimentos. Uma barricada foi montada na ponte que liga a Venezuela e a Colômbia por moradores para impedir o bloqueio. Gás lacrimogêneo foi utilizado para dispersar a população.