Trump concede indulto presidencial a Steve Bannon e mais 72 pessoas

Presidente dos EUA tem até as 12h desta quarta, fim do seu mandato, para adicionar nomes nesta lista

  • Por Jovem Pan
  • 20/01/2021 08h09 - Atualizado em 20/01/2021 08h12
EFE/CLAUDIO PERI/ARCHIVOAlém dele, outras pessoas conhecidas também foram beneficiadas; entre eles estão o dos rappers Lil Wayne e Kodak Black

O presidente Donald Trump aproveitou suas últimas horas na liderança dos Estados Unidos para conceder indulto presidencial ao seu ex-aliado Steve K. Bannon. O nome do angariador de fundos Elliott Broidy também foi mencionado. A lista com 73 nomes perdoados e mais 70 que tiveram a pena substituída foi divulgada pela Casa Branca na madrugada desta quarta-feira, 20. A decisão de conceder clemência aos políticos e executivos reforça o ataque constantemente feito por Trump ao sistema de justiça criminal norte-americano. Muitas vezes, durante a gestão, ele considerou que seus aliados eram perseguidos injustamente.

Donald Trump tem até as 12h desta quarta para conceder o perdão para mais pessoas — inclusive para si mesmo e familiares. Entretanto, isso não é esperado por outras autoridades locais. Steve Bannon foi estrategista da campanha que resultou na vitória de Trump nas eleições de 2016. Ele foi indiciado e preso em agosto do ano passado por desvio de dinheiro em uma campanha de apoio à construção de um muro na fronteira com o México. No entanto, Bannon foi solto depois de pagar fiança de US$ 5 milhões. Broidy também encabeçou a campanha na época.

Além dele, outras pessoas conhecidas da mídia também foram beneficiadas. Entre os nomes, estão o dos rappers Lil Wayne e Kodak Black, por posse ilegal de arma e por falsificar documentos — respectivamente. Na véspera do Natal de 2020, Donald Trump já havia concedido o benefício que perdoa plenamente crimes federais a aliados. Na época, Paul Manafort e o conselheiro político Roger Stone, ambos também envolvidos na campanha de 2016, foram alguns dos que receberam o indulto. No total foram 143 perdoados.