Trump é levado a hospital militar para avaliação médica após testar positivo para Covid-19

Presidente norte-americano informou na madrugada desta sexta-feira, 2, que ele e a primeira-dama, Melania Trump, testaram positivo; Casa Branca diz que a internação acontece como ‘medida de precaução’

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2020 18h54 - Atualizado em 02/10/2020 19h58
Leah Millis/ReutersO presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi levado a um hospital militar após testar positivo para o novo coronavírus, informou a Casa Branca em comunicado nesta sexta-feira, 2. De acordo com o governo norte-americano, a decisão foi tomada como “medida de precaução”. A Casa Branca também informa que Trump deve permanecer no hospital Walter Reed, em Washington, “por alguns dias”. Mais cedo, em boletim médico, o médico da Casa Branca, Sean Conley, informou que o líder republicano “está sendo avaliado por um time de especialistas, e juntos nós estaremos fazendo recomendações ao presidente e à primeira-dama em relação às próximas etapas”.

A Casa Branca informou ainda que o líder norte-americano está sendo tratado com um coquetel de anticorpos intitulado de Regeneron, além de zinco, vitamina D e aspirina – o comunicado não menciona o uso de hidroxicloroquina, medicamento que já foi defendido por Trump no combate à doença. Segundo a nota oficial, a primeira-dama “permanece bem” e tem “apenas uma tosse leve e dor de cabeça”. A nota dizia também que Donald Trump se sentia cansado, mas estava de bom humor. A atualização do boletim médico diz, no entanto, afirma que o quadro evoluiu para febre e fadiga. “Como precaução e por recomendação de seu médico e especialistas, o presidente trabalhará nos próximos dias a partir dos escritórios presidenciais [do hospital] Walter Reed”, disse a porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany, em comunicado. O helicóptero presidencial aguardou Trump do lado de fora da Casa Branca e o levou até o Walter Reed.

Pouco antes de embarcar, Trump gravou um vídeo na Casa Branca agradecendo o apoio que tem recebido após revelar o diagnóstico positivo para Covid-19. “Quero agradecer a todos pelo apoio. Estou indo para o hospital Walter Reed. Estou me sentindo bem e a primeira-dama também está. Então agredeço muito a todos”, disse.