Voo de Miami com destino a Londres dá meia-volta por passageira se recusar a usar máscara

Mulher de 40 anos precisou ser escoltada por policiais em aeroporto dos EUA e pagará multa de R$ 2.700

  • Por Jovem Pan
  • 20/01/2022 22h44 - Atualizado em 20/01/2022 22h59
Pixabay avião; american airlines Aeronave estava há 90 minutos no ar quando retornou ao aeroporto de Miami

Um voo da American Airlines que saiu de Miami com destino a Londres na noite de quarta-feira, 19, precisou dar meia-volta depois de 90 minutos no ar porque uma passageira se recusou a usar máscara dentro da aeronave. A confusão fez com que o voo fosse cancelado e os outros passageiros ficaram em hotéis até a remarcação. A companhia aérea acionou a polícia assim que o avião pousou e os policiais escoltaram uma mulher de 40 anos sem incidentes. Apesar de ser retirada pelas autoridades, a passageira não foi presa, mas precisará pagar uma multa de US$ 500 (R$ 2.709 na cotação atual) imposta pelo presidente Joe Biden em setembro de 2021 para todos que se recusarem a usar máscara em aviões. A companhia área disse que havia 129 passageiros e 14 tripulantes no avião Boeing 777.