Alexandre de Moraes marca depoimento de Weintraub para sexta-feira

Ex-ministro será ouvido pela PF após declarações sobre ministros do STF; oitiva foi adiada após Weintraub contrair Covid

  • 03/02/2022 15h54
Marcelo Camargo / Agência Brasil weintraub Abraham Weintraub deve ser ouvido pela PF amanhã

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou que o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub seja ouvido pela Polícia Federal (PF) nesta sexta-feira, 4. O depoimento estava marcado para o dia 31 de janeiro, mas foi adiado após Weintraub testar positivo para Covid-19. O ex-ministro será ouvido por declarações feitas ao podcast Inteligência Ltda. Moraes alega que foram divulgadas diversas informações falsas acerca da atuação do STF e de condutas relacionadas a um de seus membros. Na entrevista, Weintraub afirmou que um dos ministros da Corte tentou comprar sua casa em um condomínio fechado.

“Compulsando os documentos juntados pela autoridade policial, é possível verificar a pertinência da solicitação de dilação do prazo para oitiva, notadamente em razão de o patrono do requerido ter contraído Covid-19, não havendo prejuízo de remarcação do ato para a data solicitada. Diante do exposto, autorizo o reagendamento solicitado pela Polícia Federal, e determino que a oitiva de Abraham Weintraub ocorra no dia 4/2/2022”.