Carla Zambelli diz que vai ao STF para ser ouvida na CPI da Covid-19

Relatório final de Renan Calheiros sugere indiciamento da deputada por incitação ao crime

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2021 20h05
Pablo Valadares/Câmara dos DeputadosCarla Zambelli foi citada no relatório final da CPI

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) afirmou nesta terça-feira, 19, que vai entrar com um pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) para ser ouvida pela CPI da Covid-19. O relatório final da comissão, elaborado pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), sugere o indiciamento da parlamentar por incitação ao crime. “Renan Calheiros concedeu entrevista ao Jornal Nacional e outros jornais antecipando seu relatório, cometendo mais um crime antes mesmo da votação. É garantido a todo o cidadão a ampla defesa de acordo com o Código Penal. Por esse motivo estou entrando com habeas corpus no STF, solicitando que a CPI me ouça. Peço que os outros indiciados também façam isso”, disse Zambelli em um vídeo publicado nas redes sociais. “Qual será o medo de Omar Aziz, Renan Calheiros e outros membros da CPI que diversas vezes falaram meu nome? Qual o medo de falar na minha cara o que pensam a meu respeito? Espero que vocês tenham a dignidade de me chamar para depor”, completou.