Copa América: Queiroga diz que jogadores serão testados a cada 48 horas

Ministro da Saúde informou que será aplicado o teste RT-PCR e que nenhum dos exames será feito através do SUS

  • Por Jovem Pan
  • 07/06/2021 20h18 - Atualizado em 07/06/2021 21h34
LUCIANO CLAUDINO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDOMinistro da Saúde Marcelo Queiroga em entrevista coletiva concedida no começo da noite desta segunda-feira, 7

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga disse que os atletas que disputarão a Copa América 2021 no Brasil serão testados a cada 48 horas durante o período do torneio. A declaração foi feita durante entrevista coletiva concedida no começo da noite desta segunda-feira, 7, menos de uma semana antes do início da competição. Durante sua fala, Queiroga disse que os testes fazem parte das medidas de controle e detalhou a ação. “Não será (feito) o teste rápido, será o RT-PCR. Até se encurtou o prazo da realização do RT-PCR, inicialmente estava previsto para realizar o teste a cada três dias e entre um exame e outro fazer um teste rápido. Se colocou para fazer esses testes diariamente”, explicou o ministro, que também informou que “nenhum desses exames serão realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”. Depois de dizer que seriam testes diários, Queiroga se corrigiu, dizendo que os testes seriam feitos a cada 48 horas. Além disso, Queiroga falou sobre a obrigatoriedade da vacinação dos atletas, afirmando que isso “não é uma imposição”. “Os que estiverem vacinados, melhor. Mas não se fará um esforço maior para se vacinar esses atletas agora. Até porque a vacina poderia até causar algum tipo de reação e isso poderia, de alguma forma, comprometer o ritmo competitivo dos jogadores”, argumentou o ministro.