Eduardo Braga apresenta parecer favorável à recondução de Aras à PGR

Líder do MDB afirma que chefe o procurador-geral ‘tem procurado reforçar o papel do Ministério Público na solução de conflitos, atuando de forma extraprocessual e preventiva, sem renunciar de fiscalização’

  • Por André Siqueira
  • 23/08/2021 11h39 - Atualizado em 23/08/2021 19h14
Isac Nóbrega/PRSabatina está marcada para as 10h desta terça-feira, 24

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) apresentou parecer favorável à recondução de Augusto Aras para o cargo de procurador-geral da República. O líder do MDB no Senado é o relator da indicação do presidente Jair Bolsonaro. No texto, o emedebista afirma que o chefe do Ministério Público Federal (MPF) “tem procurado reforçar o papel do Ministério Público (MP) na solução de conflitos, atuando de forma extraprocessual e preventiva, sem renunciar de fiscalização”. Braga também escreve que Aras se destacou no combate à pandemia do novo coronavírus, no apoio à retomada do desenvolvimento econômico do país, na defesa do meio ambiente e na criação de Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecos).

O texto também afirma que a Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou “dezenas de denúncias contra autoridades com foro no STF e no STJ, e outras pessoas apontadas como integrantes de esquemas criminosos”. “Diante do exposto, entendemos que as senhoras senadoras e os senhores senadores integrantes desta Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania dispõem de suficientes elementos para deliberar sobre a indicação do Senhor Antônio Augusto Brandão de Aras para ser reconduzido ao cargo de Procurador-Geral da República”, avalia o parlamentar. A sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado está marcada para as 10h desta terça-feira, 24. Apesar da crise institucional, a expectativa é que a recondução de Aras seja aprovada com facilidade no colegiado e no plenário da Casa.