Equipe médica descarta cirurgia emergencial em Bolsonaro: ‘Ficará em tratamento clínico’

Presidente foi transferido para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, na tarde desta quarta-feira, 14

  • Por Jovem Pan
  • 14/07/2021 23h07
MATEUS BONOMI/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOBolsonaro foi diagnosticado com um quadro de suboclusão intestinal

A equipe médica que está atendendo o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, descartou a necessidade de uma cirurgia emergencial. A informação foi divulgada em nota assinada pela direção médica da unidade de saúde. Segundo o comunicado, o presidente passou por “avaliações clínica, laboratoriais e de imagem”, e que, após isso, ficou determinado que, no momento, Bolsonaro seguirá internado em “tratamento clínico conservador”. A nota reforça ainda que ele foi diagnosticado com um quadro de suboclusão intestinal. Por conta de seu estado de saúde, o presidente foi transferido de Brasília para a capital paulista na tarde desta quarta-feira, 14. O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) falou sobre o quadro médico do pai nesta quarta-feira, 14, em entrevista ao programa “Os Pingos Nos Is”, da Jovem Pan. O parlamentar disse que o presidente Jair Bolsonaro está precisando “dar uma respirada, uma descansada” por causa do ritmo de trabalho intenso.