PT aciona STF contra realização da Copa América no Brasil

Partido enviou documento ao ministro Ricardo Lewandowski poucas horas após anúncio de que jogos seriam realizados no país

  • Por Jovem Pan
  • 31/05/2021 20h58 - Atualizado em 31/05/2021 21h18
Fotos Públicas/ReproduçãoAção foi endereçada ao ministro Ricardo Lewandowski

Em um documento endereçado ao ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), o Partido dos Trabalhadores acionou a Corte nesta segunda-feira, 31, contra a realização da Copa América no Brasil. Segundo o PT, a permissão para realizar o evento no país é “inconstitucional” por parte do governo e “desafia a tomada de providências urgentes”. Citando um trecho da nota divulgada pela Conmebol, na qual o presidente Jair Bolsonaro é citado, o PT critica o governo pelo “imediato aval para a realização do evento, sem se preocupar com o avanço epidemiológico enfrentado pelo país, muito menos consultando os demais entes federativos sobre sua concepção nesses casos”, cita o Brasil como um dos países mais ineficazes na luta contra o vírus e lembra do crescente número de mortes, que já ultrapassa os 460 mil desde o início da pandemia.

Entre os pedidos do PT estão a interrupção dos preparativos para os jogos; a intimação de Bolsonaro e outros ministros para prestarem esclarecimentos sobre o processo administrativo feito para aferir a condição do país receber o evento e a intimação de prefeitos e governadores das cidades e Estados que receberem os jogos para mostrar condições estruturais para sediarem as partidas. O evento deve ser iniciado no dia 13 de junho e seria sediado na Colômbia, país que desistiu de abrigar a competição por causa de uma grave crise política. Com o cancelamento, a sede do evento passou a ser a Argentina, que sinalizou não poder receber os jogos por causa do aumento nos casos de Covid-19. Poucas horas após o anúncio de que os jogos deveriam ser realizados no Brasil, alguns Estados, como Pernambuco e Rio Grande do Norte divulgaram nota se recusando a receber as partidas.