Rodrigo Maia deve pedir desfiliação do DEM ainda nesta sexta-feira

Segundo assessoria, ex-presidente da Câmara vai protocolar o desembarque da legenda no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

  • Por Jovem Pan
  • 14/05/2021 13h48 - Atualizado em 14/05/2021 17h24
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO 27/01/2021Rodrigo Maia faz parte do DEM desde a sua fundação, em 2007

O deputado federal Rodrigo Maia está em processo de saída do Democratas (DEM) e deve encaminhar o pedido de desfiliação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda nesta sexta-feira, 14, segundo informações da sua assessoria. Ainda não há confirmação para qual legenda o ex-presidente da Câmara deverá seguir. O deputado está no DEM desde a sua fundação, em 2007, quando o partido foi criado nas bases do extinto PFL. Maia está no terceiro mandato como deputado federal pelo DEM, partido que chegou a presidir entre 2007 e 2011. A saída de Maia do DEM era esperada desde que o deputado entrou em rota de colisão com o atual presidente nacional do partido e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto. Os entraves se tornaram público em fevereiro, quando o candidato de Maia para a presidência da Câmara, Baleia Rossi (MDB-SP), perdeu para o bloco encabeçado por Arthur Lira (PP-AL).