Tião Bocalom é eleito prefeito de Rio Branco com larga vantagem de votos

Candidato do PP venceu a disputa ao somar 62,93% dos eleitores, ante 37,07% de Socorro Neri, atual prefeita da capital do Acre

  • Por Jovem Pan
  • 29/11/2020 20h24 - Atualizado em 29/11/2020 21h12
DivulgaçãoTião Bocalom foi eleito prefeito neste domingo, 29, ao superar a atual mandante da capital do Acre, Socorro Neri

Tião Bocalom (PP) foi eleito neste domingo, 29, prefeito de Rio Branco, após vencer com folga a disputa em segundo turno contra a atual comandante da capital do Acre, Socorro Neri (PSB). Segundo dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Bocalom conquistou 62,93% dos votos, ante os 37,07% amealhados pela adversária. A vitória do candidato do PP já era esperada depois da ampla vantagem conquistada no primeiro turno, quando recebeu 49,5% dos votos. A atual prefeita ficou na segunda colocação, com 22,6% dos eleitores. Pesquisa divulgada pelo Ibope divulgada na quinta-feira, 26, dava grande margem de vitória para Bocalom, com 65% dos votos válidos, ante 35% das intenções para Socorro.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) havia manifestado apoio ao candidato do PP na última semana. Diferente do primeiro turno, em que Bolsonaro utilizou suas redes sociais para declarar apoio a candidatos a prefeitos e vereadores, o presidente decidiu ser mais discreto. Dessa vez, o vídeo foi publicado na rede social do senador Márcio Bittar (MDB-AC). “Olá, prezado, Bocalom, nesse segundo turno, estamos juntos aí, boa sorte”, disse brevemente Bolsonaro ao lado de Bittar. Esta foi a terceira vez que Tião concorreu à Prefeitura de Rio Branco. Ele é natural do Paraná, onde chegou a ser vereador em Nova Olímpia, na década de 1980, mas fez toda a sua trajetória política no Acre. Tião já foi prefeito de Acrelândia, no interior do estado, e assumiu cargos no Executivo estadual.