WhatsApp, Facebook e Instagram fora do ar: o que se sabe até o momento

Aplicativos pararam de funcionar por volta das 12h; Twitter e Telegram também apresentaram problemas, mas não chegaram a cair

  • Por Jovem Pan
  • 04/10/2021 18h01
IGOR DO VALE/ESTADÃO CONTEÚDOServiços do Facebook apresentaram instabilidade nesta segunda-feira

WhatsApp, Twitter e Facebook pararam de funcionar nesta segunda, 4, apresentando problemas ao redor do mundo e deixando milhões de usuários sem poder utilizá-los. As três redes pertencem ao Facebook, empresa comandada por Mark Zuckerberg. Ainda não se sabe o que causou a instabilidade, e a empresa garante que está trabalhando para resolver, embora ainda não haja uma previsão de quando as plataformas voltarão a funcionar. “Estamos cientes de que as pessoas estão tendo dificuldade para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para que tudo volte ao normal o quanto antes”, afirmou o Facebook em nota oficial.

Na página do Facebook consta uma falha de Domain Name System (DNS) – o DNS é o servidor que direciona os usuários aos destinos durante a navegação, e a situação teria ocorrido por um problema nas rotas BGP (protocolos de roteamento de internet), segundo Dane Knecht, da empresa de servidores Cloudflare. O DNS costuma ser comparado com uma lista telefone ou um caderno de endereços da internet, levando os navegadores ao sistema do site que está sendo buscado. Outros serviços de internet sofreram problemas no DNS neste ano e conseguiram recuperar. No entanto, é raro que esse tipo de problema afete gigantes da tecnologia como o Facebook e permaneça sem solução por muito tempo.

Outros aplicativos que precisam da internet também apresentaram problemas. O aplicativo do banco digital Nubank, por exemplo, foi alvo de reclamações de usuários, assim como o Twitter e o Telegram, que demonstraram muita lentidão, embora não tenham parado completamente de funcionar e não se saiba ainda a dimensão dos dados que tiveram. O site DownDetector, que monitora problemas do tipo na internet, registrou um grande número de reclamações também sobre TikTok, Microsoft Teams, Cloudflare, Spotify e Discord, entre outros. Operadoras de telefonia como Vivo, Claro e Tim, no Brasil, e AT&T, Amazon Web Services, T-Mobile e Google nos Estados Unidos, foram alvos de críticas, embora nada as ligue à instabilidade.

No Twitter, os perfis do Facebook e do WhatsApp postaram: “Estamos cientes de que algumas pessoas estão enfrentando problemas com o WhatsApp no momento. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal e enviaremos uma atualização assim que possível”. No perfil do Instagram, foi feita uma publicação que diz: “O Instagram e amigos estão tendo um momento complicado agora e talvez você esteja com problemas para usá-los. Conte com a gente, estamos em cima disso”. Zuckerberg não se pronunciou até o momento.