Melancolia dominical pode ser causada por desconhecimento dos nossos reais desejos

Muitos de nós não sabem exatamente quem são e, ao invés de buscarem o auto conhecimento, aumentam ainda mais suas defesas evitando o contato com os seus incômodos

  • Por Camila Magalhães
  • 22/04/2021 10h00
PixabayTempo livre do domingo pode aumentar a angústia

Quem nunca sentiu uma sensação de vazio e tristeza no domingo? Uma ambivalência entre a sensação de liberdade para viver um tempo ocioso, e o desconforto para enfrentar a pressão competitiva e as responsabilidades da semana que se inicia? Hoje eu vou falar sobre a melancolia dominical. No domingo, há a possibilidade do tempo livre com a família, para ler os livros começados, ouvir músicas e assistir filmes, dormir um pouco mais, comer algo que não sacia, ou simplesmente não fazer nada. Apesar de todas estas possibilidades de prazer ou paz, o tempo do domingo pode aumentar a angústia que é provocada pelo desconhecimento dos nossos reais desejos. Ou seja, muitos de nós não sabem exatamente quem são, o que gostam, quais são suas forças e fraquezas, ou aquilo que há para mudar ou melhorar. E, ao invés de buscarem o auto conhecimento — e, para isso, a terapia é um processo revelador — aumentam ainda mais suas defesas evitando o contato com os seus incômodos. O domingo dói mais naqueles que temem o enfrentamento! E a saída não está no aumento das horas trabalhadas, no consumo de álcool ou outras substâncias, na briga com quem está ao lado no isolamento da Covid-19. A nossa busca não é estarmos alinhados com aquilo que os outros esperam de nós! A nossa busca é estarmos alinhados aos nossos propósitos e expectativas!

Se tiverem dúvidas ou quiserem sugerir algum tema, escrevam para mim: dracamila@jovempan.com.br ou no Instagram @dra.camilamagalhaes.