‘Presidente luta contra medidas que não têm respaldo científico’, diz Constantino

Comentaristas do programa 3 em 1, da Jovem Pan, analisaram declarações do presidente sobre implantação do ‘passaporte da vacina’

  • Por Jovem Pan
  • 09/12/2021 18h00
José Dias/PR - 02/11/2021 Jair Bolsonaro em entrevista para a para Sky News Itália Em discurso durante evento, Bolsonaro voltou a criticar ideia de passaporte vacinal

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou hoje, 9, de um evento em comemoração ao Dia Contra a Corrupção. Durante o discurso, ele citou vários temas, fazendo críticas ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e às engrenagens do Judiciário brasileiro. Ele defendeu aliados punidos pela Corte, como o parlamentar Daniel Silveira (PSL-RJ), que ficou preso por meses após publicação de vídeo com mensagens ofensivas e intimidatórias contra o ministro Edson Fachin. Bolsonaro também reafirmou a contrariedade sobre a exigência de passaporte vacinal. “Queriam que a gente impusesse aqui a obrigação do cartão vacinal. Como é que eu posso aceitar o cartão vacinal se eu não tomei vacina e é um direito meu de não tomar, como é o direito de qualquer um aqui? Colocamos lá o PCR e está um tumulto”, afirmou Bolsonaro em sua fala.

Durante sua participação no programa 3 em 1, da Jovem Pan, desta quinta-feira, 9, o comentarista Rodrigo Constantino analisou as falas de Bolsonaro, dizendo que o presidente vem remando contra a maré e se posicionando contra medidas autoritárias e sem respaldo científico. “Ele é o presidente da República, é o maior alvo de arbítrio e não usa isso da mesma forma. Ao contrário, ele talvez seja a principal liderança no mundo lutando contra esses abusos de poder de progressistas que se soubessem como suas medidas sanitárias são parecidas com aquelas pregadas pelos nazistas, talvez ficassem mais ruborizados. O presidente está lutando contra medidas que não têm respaldo científico e que são arbitrárias e autoritárias e ele é uma das poucas vozes, em termos de liderança mundial, fazendo isso”, afirmou Constantino.

Confira o programa desta quinta-feira, 9: